sábado, 14 de agosto de 2010

Ilusão ou consequencia de atos?

Estava conversando com um amigo sobre os relacionamentos atuais. É tudo tão perturbador, chega a dar medo esses relacionamentos de semanas, por exemplo:
Sair para uma balada onde não existe uma intenção de arrumar namorados e sim curtição, beijar alguém e pegar um contato, na próxima semana vão no cinema e por algumas semelhanças se dizem almas gemeas e para simbolizar isso, usam uma aliança sem valor, não digo de valor financeiro, mas de valor sentimental, não tem como se amar em dois dias, são preciso meses para se conhecer e paciencia para entender o proximo. Então o relacionamento se resume a duas semanas juntos, idas ao cinema e finais de semanas em baladas, só que nenhum dos dois avisam que estão vivendo um relacionamento aberto, onde a liberação para beijar outra pessoa, as conversas chegam ao ouvido e o relacionamento chega ao fim em menos de um mês. Agora me pergunto, em que mundo estamos vivendo? Cadê o companheirismo, a fidelidade, o respeito com o proximo e consigo mesmo? Os grandes valores da antiguidade se perdem nessa sociedade banal que atualmente vivemos, o cavalheirismo não existe e a honra das mulheres sumiram para debaixo do vestido, se é que há, pois as roupas só se encurtam, o jogo da conquista não existe e o interesse sobre o sexo oposto se desgasta cada dia mais. A mulher precisa sim, ser sedutora, mas não é preciso usar uma saia de um palmo para conseguir, basta ter a inteligencia, a ousadia, saber valorizar o que tem de melhor e com certeza conquistará qualquer homem.

As gerações passam e as grandes valorizações vão sendo esquecidas, e pelo que vivencio, infelizmente só tende a decair. São apenas consequencias, vivenciar um relacionamento assim é pedir para se machucar, a confiança e a certeza de um bom relacionamento só vem com o tempo, quando percebemos que é reciproco, não são dias que descrevem um homem ou uma mulher, se algumas pessoas vivem anos de mentira, viver um dia não é dificil.
Saiba bem em quem confiar e no que valorizar!

(Não estou vivendo um momento assim, só fiquei com vontade de dissertar sobre isso u_u)

Sem comentários:

Enviar um comentário